Acerca de limites

Eu preciso ser a minha própria cerca. Durante toda a minha vida, sempre existiu alguém que me serviu de fronteira: mãe, pai, namorados, noivo. Talvez por isso eu sempre tenha sido a coca-cola na garrafa sendo chacoalhada; pronta pra explodir. Um mínimo descuido e o caos se instalava.

Hoje, em terras livres e sem nenhuma proteção, eu procuro a cerca dos outros. Preciso testar os limites vizinhos pra saber onde está o meu.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Acerca de limites

  1. Tássia disse:

    Faz parte do amadurecimento, Amanda!
    Tenho certeza de que depois que voce encontrar seus limites jamais conseguirá voltar a limitar-se pelas cercas alheias… É isso o que desejo pra voce….

  2. Livia disse:

    A má noticia é que as vezes falta aquele ponto de partida, alguem pra palpitar, pra responder quando a gente faz a tal pergunta: o que você acha? A boa noticia é que pra erros e acertos os meritos serão todos seus, e vc nunca mais vai precisar ouvir eu avisei! Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s