Ninguém quer, mas é bom.

Ouvi ontem de uma amiga querida “Eu não gosto de ficar sozinha”.

Amiga querida, ninguém gosta. Ninguém escolhe. E quem fala que está sozinho por opção está mentindo. Eu estou sozinha por opção dele, o cara do pé na bunda (não dou nome nem a santos e nem a demônios deste blog).

Mas, depois daquela noite sozinha em Nova York em que a solidão me deu um soco na cara, eu acordei: não tem como escapar dela. E quanto mais a gente fugir, maior a coisa fica.

A única coisa que a gente pode fazer é se preparar pra quando ela vier. E tentar encará-la da forma mais leve e otimista possível. Aproveitar a chance que a vida te deu de começar uma nova história e escolher um caminho que é só seu.

É…os domingos são terríveis. Casamentos de amigas em que você é a única solteira também. Filmes românticos vão fazer você querer pular da ponte estaiada. Mas ser dona do seu calendário e das suas decisões tem seu lado bom. Ainda mais para mulheres que, como nós, são espertas demais para se juntar a alguém somente para trocar o status do facebook.

Em outubro tenho casamentos em Ribeirão Preto e no Rio de Janeiro. Dias depois, vou sozinha para Buenos Aires comer, beber e quem sabe amar. E tudo isso sem um questionamento, sem uma discussão por sms, sem uma justificativa ou satisfação. Não há egoísmo mais saudável que o de viver por você e pra você. Eu adoro me mimar. Com coisas pequenas como ir ao cinema sozinha logo depois do trabalho a descobrir um lado meu que gosta de budismo (é, gente! A Amanda tem um lado espiritual que não é o espírito de porco!)

Meu conselho (se é que alguém algum dia ouvirá alguma coisa vinda de mim) é: abrace a sua solidão. Saboreie a simplicidade de ser livre e sinta o medo de estar só. Provando um pouco de tudo a gente sabe reconhecer melhor aquilo que vale a pena. Em você e nos outros.

E foda-se o status do facebook.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

13 respostas para Ninguém quer, mas é bom.

  1. Nadiele Ventura disse:

    Amanda, amo seu blog!

    Você é minha inspiração!

    Todo sucesso do mundo para você, sempre!

    Um beijão,

    Nadiele. =)

  2. Tere disse:

    Sabe que quando seu mundo desabou…quando vc ficou sozinha, muitas pessoas que sequer te conheciam gostaria de saber como você estava, te confortar e te dizer bola pra frente…eu era uma delas, o jeito de saber como você estava era passar por aqui e imaginar pelo seus textos como as coisas andavam…Fui passando, passando…E virei sua fã, de verdade…E pelo texto de hoje pode se dizer que você vai muito bem obrigada e eu fico muito feliz por isso ! Um beijo e muita sorte!

  3. Myrian Lago disse:

    Quando se perde o medo de ser sozinho, se percebe que isso não é solidão!

  4. Bruna Oliveira disse:

    Olá,
    adorei o texto, pra variar…
    O tema é bem controverso, mas é a realidade do ser humano.
    Precisamos sim de pessoas para conseguir continuar nossa vida, acredito que sozinho ninguém vai longe.
    Mas, coisinha boa é poder decidir o que quiser, sem precisar consultar ninguém.
    Decidir as férias no Nordeste, e pronto.
    O feriado na praia, e tá bom.
    O carnaval na bagunça, e é isso.
    Aquela vontade de dançar a noite inteira, e ser feliz só por isso.
    O cotidiano já nos pede tanto, todos os dias, tá faltando é acreditar que tudo tem um lado bom.
    A solidão, inclusive.
    Nunca me senti completamente sozinha, porque sempre tive pessoas muito boas e importantes ao meu lado.
    Acredito que vale uma “mini-vida” bem vivida, do que uma vida inteira só de “status no facebook”.

  5. Muito bom esse texto!
    Adorei seu blog!!
    beijos
    Ma Amorim – Blog Tips and Trends
    http://blogtipsandtrends.blogspot.com/
    twitter: @_TipsandTrends

  6. Inspiração total, ganhei a semana! Concordo e me identifico.
    E tenho amado vir ler seu blog desde que o achei, parabéns viu 😉

  7. Renata Ferraz disse:

    Perdeu em status no facebook, ganhou em inspiração… Você tá no lucro e a gente mais ainda!

  8. claudia disse:

    Amei amanda!!Eu tb sou sozinha e me divirto muito… Cara que tem dia que só Deus no caminho né…. Mais nada como um dia atrás do outro… Beijinhos

  9. Karine disse:

    Amanda, seu blog é realmente muito bom! Descobri através do “Cem homens” e recomendei para as minhas amigas, que também se identificaram demais! Acho que passamos pelas mesmas coisas nestes últimos tempos! Incrível pensar que num mundo tão grande, com milhões de pessoas, sentimentos e sensações são os mesmos… para pessoas que nunca nem se viram! Mais uma vez se texto foi genial, de uma simplicidade cativante!

  10. Lais disse:

    Não estar sozinha as vezes é sufocante, entendo os prazes de se estar só, porque por vezes me questionei, será que vale mesmo a pena estar onde estou, com quem estou? oque é muito natural, acho que todo mundo passa por isso. Além disso ter que abandonar ou adaptar planos e o pior sonhos, não é facil e vc sempre corre o risco de se arrepender e culpar o outro ou ser culpado se as coisas não sairem bem como o esperado! “Provando um pouco de tudo a gente sabe reconhecer melhor aquilo que vale a pena. Em você e nos outros.” você disse tudo…

  11. Julia disse:

    E lá se vão 2 anos com esse msm pensamento..pensava que era só eu, mas tenho alguém, aí, do meu lado, que vive isso..
    Parabéns..e come, reze e ame sempre!

  12. Super true, eu sou rainha de fazer isso, super dou valor à minha cia…tô ficando de saco cheio, ao mesmo tempo que ainda não tenho saco pra dividir nada.
    bjo

  13. Gatinha disse:

    Eu também conheci seu blog através do “Cem homens” e estou adorando seus textos!
    Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s