As portas da minha intimidade

 

Eu sou explícita. Eu me exponho. Eu sou um livro aberto. Daquelas que apanha, acha graça e dá a outra face pra sentir a dor de novo. Não sei medir a abertura das portas da minha intimidade. Eu escancaro, grito e depois escrevo tudo aqui. Eu faço fofoca de mim mesma. 

Para aqueles que acham que o mistério é a base da sedução e do interesse, o texto acaba aqui. Eu não sei disfarçar, não tenho saco pra mistério e tenho preguiça de me mostrar aos poucos. Meu charme é muito bruto para ser sutil. 

Admiro os misteriosos. Essa insinuação afrodisíaca é linda. Nos outros. Palmas para aos que se entregam somente aos que merecem.

Eu não sirvo pra isso. Tenho muita força pra pouco mistério. Uma personalidade explosiva pra uma camada de sensualidade muito fina. Me mostro de dentro pra fora sem pudor, sem filtro e sem pensar nas conseqüências. Há quem me ache intimidadora, há quem ache que isso é excesso de confiança.

 Nada disso. Eu me mostro pra que o outro saiba onde está entrando. Pra que no futuro, meus defeitos não me comam viva. Mostro meu lado negro pra que a minha claridade seja apenas um detalhe gracioso. Ame meus defeitos. Eles são a maior (e mais constante) parte de mim.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

8 respostas para As portas da minha intimidade

  1. disse:

    Escreve muito. Admiro muito. Parece que eu te conheço, sabia? Uma amiga distante… com o senso de humor, a intensidade e o talento necessário. Adoro seus posts.

  2. Jocássia disse:

    Os melhores textos são os seus. Parabéns!

  3. Luciana disse:

    Adorei e me identifiquei. Se esconder é para os fracos, bom mesmo é se mostrar por completo, sem medo do que virá.

    Beijo!

  4. Alice disse:

    Viver e não ter a vergonha de ser feliz! Muito bom!

  5. Fabiane disse:

    Adoro seus textos, me identifico demais… pena que vc escreve pouco, gostaria de ler seus posts com mais frequência.

  6. Lais disse:

    Viver e não ter a vergonha de ser feliz, e nem infeliz…Gente transparente assusta mesmo. Ou é oito ou oitenta, ou a gente ama ou odeia, sem meio termo, simples assim. Pela quantidade de visitas que eu já fiz por aqui, é sinal que eu amo as coisas que vc escreve…a proposito onde é que assina pra ter textos novos todo dia ??? hahaha.
    Bjs!

  7. Elisa Moraes disse:

    Amanda querida,quando Vivi me mostrou esse texto ,achei que ela estava falando dela mesma.rsr
    Quando me disse que o texto era seu,disse:
    A Vivi tem uma irmã gemea kkkk
    Vcs são lindas e merecem o melhor para sempre.
    A partir de hoje te amo mais.
    Bjs
    Tia Elisa (mae da Vivi Moraes)

    • afoschini disse:

      Oi, Tia

      Fiquei mto feliz com o seu comentário! E sim, eu e Vivizoca somos gêmeas de sentimento!

      Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s