Eu quero tudo

Outro dia me perguntaram se eu tinha decidido o que queria da minha vida.

Pergunte-me como quebrar um átomo no meio mas não me faça responder essa pergunta. Não agora.

Há dois anos talvez eu tivesse uma resposta elaborada, coerente e completamente de acordo com a que vida que eu levava até então. Tudo dentro do esperado.

Hoje fico feliz em saber que posso querer tudo. E que isso não precisa fazer sentido nenhum pra ninguém.

Eu quero ir pro Japão. Quero comprar uma Chanel. Quero um cachorro. Quero dar um soco na cara dele. Quero dar um beijo longo naquele outro. Quero voltar pra Nova York. Quero ler todos os livros que conseguir. Quero fotos em preto e branco. Quero novos amigos. Quero tardes à toa na rede de casa. Quero comprar um mural pra colocar tudo isso.

Eu quero abraçar o mundo sem me preocupar se meus braços são longos pra isso.

E só o fato de poder enxergar todas essas possibilidades já dá um puta prazer. Se a vida não tomasse o caminho que tomou, talvez eu não soubesse que queria tanta coisa. Com as lágrimas já secas há algum tempo, eu abri o olho e enxerguei um mundo que pode me fazer feliz de mil maneiras de diferentes.

E tudo o que quero da vida agora é escolher por onde começar a encontrar essa felicidade. Sem pressa e sem destino.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Eu quero tudo

  1. Rê Nantes disse:

    Lindo! As Always!

  2. Jocássia disse:

    Me identifico muito com seus textos
    Parabéns!

  3. disse:

    Que bom que essas questões não te trazem angústia. Pra mim, é difícil não saber o que fazer. Talvez eu deva me concentrar em todas as escolhas que eu posso fazer, ao invés de todas as coisas que eu não sei.
    Obrigada.
    Bjão, Amanda.
    Ps: se eu te encontrar na rua, posso falar que sou fã? =)

  4. Lais disse:

    E ai já decidiu o que você quer da vida? Acho que as pessoas perguntam isso por medo de o outro não perceber o tempo passar, a vida passar e perder tempo (e tbm por gostarem de uma boa fofoca)…Mas ô perguntinha cretina, pq se vc n tem uma resposta as pessoas acham que vc esta perdida, sem rumo..e mtas vezes está mesmo, mas e dai? Eu parei de contar meus planos pros outros, não quero saber de mais ninguém policiando meus passos, fiscalizando se eu estou ou não seguindo o meu próprio script…

  5. Gente! Era tudo que eu precisava ler, pois é exatamente por isso que eu estou vivendo e é exatamente isso que eu penso, você traduziu tudo em palavras. E é por isso que adoro blogs. 😉

  6. isso aí Amanda! 🙂

  7. Isadora disse:

    mais um dos seus textos que são meus.
    obrigada 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s